Bem Vindo!

19 de junho de 2021

Notícias

Localize o conteúdo desejado:
Palavra-chave
Período

Metroplan passa a fiscalizar travessia São José do Norte - Rio Grande

foto A direção da Metroplan esteve reunida nesta semana com a direção regional da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). Na pauta da reunião a travessia São José do Norte - Rio Grande, que a partir desta sexta-feira (18/06) passa a ser fiscalizada pela Fundação. Conforme o superintendente da Metroplan, José Sperotto, foi formado um grupo de trabalho que irá receber o resumo das ações realizadas pela ANTAQ nos últimos cinco anos, período que a agência esteve prestando os serviços. Presentes na reunião o chefe da Unidade Regional Porto Alegre da Antaq, Jose Ademir Menezes Allama, a técnica de regulação de transportes aquaviários, Mariana Rossato, o diretor de Transportes Metropolitanos, Francisco Horbe, e o técnico da Fundação, Paulo Osório. Leia mais

José Sperotto é o novo Superintendente da Metroplan

foto O arquiteto José Sperotto é o novo Superintendente da Metroplan. O ex-prefeito de Guaíba assumiu no dia 2 de junho, e disse que está conhecendo a equipe e se interando da situação. Comentou em seu discurso de pose sobre o trabalho essencial da Fundação na fiscalização do transporte metropolitano e no planejamento de obras que impactam nos aglomerados urbanos. A pose ocorreu na sede da Metroplan, com a presença do secretário de Articulação e Apoio aos Municípios, Luiz Carlos Busato. Leia mais

José Speretto é o novo Superintendente da Metroplan

foto O arquiteto José Sperotto é o novo Superintendente da Metroplan. O ex-prefeito de Guaíba assumiu no dia 2 de junho, e disse que está conhecendo a equipe e se interando da situação. Comentou em seu discurso de pose sobre o trabalho essencial da Fundação na fiscalização do transporte metropolitano e no planejamento de obras que impactam nos aglomerados urbanos. A pose ocorreu na sede da Metroplan, com a presença do secretário de Articulação e Apoio aos Municípios, Luiz Carlos Busato. Leia mais

Após intervenção do Governo do Estado, plano de melhorias do transporte metropolitano em Canoas atinge 100% funcionamento previsto

foto Após intervenção do Governo do Estado, plano de melhorias do transporte metropolitano em Canoas atinge 100% funcionamento previsto Leia mais

Concluída implantação de mudanças e reforços no transporte público que atende o município de Canoas

foto A primeira etapa da implantação entrou em vigor no dia 17 de maio, após assinatura do termo de ajustamento de conduta, firmado entre a empresa Vicasa, Ministério Público de Canoas, Secretaria de Articulação e Apoio aos Municípios (SAAM) e Metroplan. Conforme o documento, a empresa Transcal passou a operar as linhas Estância Velha a Porto Alegre, Industrial a Porto Alegre, e a linha semi-direta Guajuviras - Porto Alegre/Praia de Belas. As linhas de Integração passaram a circulando com ônibus da categoria Executivo, porém o preço cobrado é da categoria Convencional. No total são 40 ônibus, com aumento de 110% no número de viagens, passando de 244 para 514. A segunda etapa, dividida em duas fases, entrou em operação no dia 24 de maio, com as linhas de Integrações Estância Velha, Niterói, Barreto, Guajuviras via Boqueirão, Residencial Guajuviras via Avenida Esperança e Hispânica e Santa Maria/Guajuviras. Nesta segunda-feira (31/05) entraram em operação as linhas de Integrações Mathias Velho, Florianópolis, Harmonia/Mato Grande, Fátima e Igara/Petrobrás/Ozanan. "Todas as operações estarão sendo acompanhadas pela equipe de fiscalização de transporte da Metroplan. Durante os próximos dias serão avaliadas demandas e ofertas, para que no final do período possa ser feito o ajuste conforme a necessidade. Caso não cumpram o acordo a empresa será autuada e poderá perder a concessão", comentou o secretário da SAAM, Luiz Carlos Busato. Fiscais da Metroplan estão realizando blitz na região, com o objetivo de verificar as condições de funcionamento do Transporte Coletivo, cumprimento das normas editadas para o período de pandemia, e condições (sanitárias) gerais de higienização e ventilação. Os trabalhos dos fiscais irão continuar em dias, horários e pontos alternados. O plano de melhorias ocorreu após a empresa receber da SAAM e Metroplan um prazo de 15 dias para resolver os problemas referentes à má qualidade do serviço prestado e pela falta de horários nas linhas que integram os bairros do município de Canoas ao Trensurb e nas linhas metropolitanas. Leia mais

Metroplan adota no Rio Grande do Sul o modelo do governo federal para enxugamento de gastos em compras de TI

foto Economia em contratações da fabricante Microsoft é de 23%, em média. Acordo corporativo que prevê teto de preços dos produtos já é aplicado também pelo Supremo Tribunal Federal, Câmara dos Deputados e outros órgãos de Minas Gerais e GoiásMedida do governo federal que é modelo no enxugamento de gastos e padronização em licitações na área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), o acordo corporativo com grandes fabricantes passa a ser adotado no Rio Grande do Sul pela Metroplan (Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional). O órgão abrange 68 municípios gaúchos.Na prática, os produtos de cada um dos fornecedores englobados no acordo corporativo realizado com a Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia são reunidos em catálogos na plataforma gov.br [HIPERLINK: https://www.gov.br/governodigital/pt-br/contratacoes/catalogo-de-solucoes-de-tic]  . Junto à lista dos produtos de TIC também há o respectivo limite de preço a ser pago em licitações. No caso da Microsoft, acordo ao qual a Metroplan acaba de aderir, o catálogo dispõe de 2 mil itens.“Com essa padronização que fizemos, ministérios, fundações e autarquias do governo federal que compram em menor quantidade conseguem obter preços competitivos, da mesma forma que os outros órgãos do governo que compram mais. Quem está comprando é sempre o governo, independentemente do órgão e do fornecedor da tecnologia”, explica o secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Caio Mario Paes de Andrade. A aplicação de teto de preços está em vigor desde o final de 2019 nas licitações de TIC de todos os órgãos do governo federal. Apenas no acordo com a Microsoft a economia de 23%, em média, nas licitações. A previsão é que se poupe R$ 71,4 milhões em cinco anos em nível federal - a estimativa leva em conta o valor pago em contratos do governo com a empresa nos últimos cinco anos: R$ 305 milhões.Modelo em redução de custosAlém da Metroplan [HIPERLINK: https://www.gov.br/governodigital/pt-br/contratacoes/termo-de-adesao-metroplan-rs.pdf}, o Supremo Tribunal Federal, a Câmara dos Deputados, em Brasília, e órgãos de Minas Gerais e de Goiás já aderiram ao acordo corporativo da Secretaria de Governo Digital com grandes fabricantes. “Havia um desequilíbrio que a medida corrigiu”, avalia o secretário de Governo Digital, Luis Felipe Monteiro. “A expansão que vem ocorrendo para outros Poderes e para os estados é uma demonstração de rigor no gasto público e busca pelo equilíbro de preços nas contratações”.A Metroplan atua no gerenciamento do Transporte Coletivo Intermunicipal nos municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (34 municípios) e Aglomerações Urbanas (34 municípios) do Rio Grande do Sul. As ações da Fundação englobam o planejamento e controle operacional do sistema: horário, itinerário, condições da frota, urbanidade do pessoal de operação, cálculo tarifário e regulamentação do transporte de fretamento. Leia mais

Transporte público da capital e Região Metropolitana é pauta de reunião na prefeitura de Porto Alegre

foto Secretaria de Articulação e Apoio aos Municípios (SAAM) e Metroplan participaram nesta segunda-feira da reunião marcada pela prefeitura de Porto Alegre, que externou a necessidade de promover uma reestruturação do Centro Histórico da cidade. A gestão de mobilidade foi o tema principal tratado, com pauta sobre o transporte público. No encontro foi apresentada a necessidade de buscar alternativas, visando possibilitar a redução de circulação de ônibus no Centro da Capital. A intenção será evitar que coletivos oriundos de cidades vizinhas entrem no Centro da capital.O secretário da SAAM, Luiz Carlos Busato, tratou da questão da integração tarifária e de um bilhete único, além da possibilidade de aceitar outras formas de pagamento, como fator fundamental para o transporte público municipal e o metropolitano, pois irá se ganhar na eficiência e na qualidade na prestação do serviço, além de ser fundamental para se reduzir a circulação de ônibus.  Outra questão abordada foi a licitação do transporte metropolitano. Busato explicou que existe a necessidade de entendimento por parte dos municípios, afim de que de maneira conjunta se potencialize de benefícios os passageiros com a nova licitação.Conforme o Superintendente da Metroplan, Rodrigo Schnitzer, a Fundação defende a instituição da integração da bilhetagem entre o sistema metropolitano e municipal, como o mecanismo de racionalização do sistema. Segundo Schnitzer, desta forma se traz redução nos custos operacionais, pois atualmente existe uma sobreposição entre o sistema metropolitano e urbano de Porto Alegre em torno de 90%, e nos demais municípios da Região Metropolitana em mais de 60% em média."A Metroplan vem propondo está discussão com os municípios desde antes da Pandemia, e agora, por força da crise que o setor está enfrentando, e a vontade da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal), de enfrentar a questão, se imagina o processo terá condições de avançar", comentou Schnitzer.Ficou marcado para próxima semana novo encontro para aprofundar o tema. Além do Prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, participaram da reunião o Prefeito de Cachoeirinha, Mike Breier, o Prefeito de Glorinha, Paulo José Silveira Corrêa, o Diretor Executivo da Granpal, Marcelo Beltrano, e o Diretor de Transportes da Metroplan, Francisco Horbe. Também participaram os secretários municipais de Porto Alegre, o Procurador Geral, Roberto Silva da Rocha, de Planejamento e Assuntos Estratégicos, Cézar Schirmer, de Mobilidade Urbana, Luiz Fernando Záchia, Presidente da EPTC, Paulo Ramires, e o Secretário de Segurança de Sapucaia do Sul, Coronel Oto Amorim, e Chefe de gabinete do prefeito de Sapucaia do Sul, José Claudio Prates. Leia mais

Fiscais da Metroplan realizam blitz em Canoas

foto O secretário de Articulação e Apoio aos Municípios (SAAM), Luiz Carlos Busato, e o Superintendente da Metroplan, Rodrigo Schnitzer, estiveram acompanhando na manhã desta segunda-feira (17/05) uma blitz do transporte público realizado em Canoas. A operação ocorreu na Avenida Guilherme Schell, próximo a Porto Alegre. Os trabalhos foram marcados após assinatura do termo de ajustamento de conduta, firmado entre a empresa Vicasa, Ministério Público de Canoas, SAAM e Metroplan. Conforme o documento, a empresa Transcal passou a operar as linhas Estância Velha a Porto Alegre, Industrial a Porto Alegre, e a linha semi-direta Guajuviras - Porto Alegre/Praia de Belas. As linhas de Integração estão circulando com ônibus da categoria Executivo, porém o preço cobrado é da categoria Convencional. Para as linhas Canoas à Capital e vice-versa foram destacados veículos da categoria Convencional com ar condicionado. No total são 40 ônibus, com aumento de 110% no número de viagens, passando de 244 para 514. A equipe de Fiscalização da Metroplan iniciou a blitz nos primeiros horários de circulação dos ônibus. Foram abordados 45 veículos, sendo 23 da empresa Transcal e 22 da empresa Vicasa. Devido o excesso de passageiros, 20 acabaram sendo autuados. A boa notícia é de que não ocorreu nenhuma omissão de horários. A ação também teve como objetivo verificar as condições de funcionamento do Transporte Coletivo, cumprimento das normas editadas para o período de pandemia, e condições (sanitárias) gerais de higienização e ventilação. Os trabalhos dos fiscais irão continuar em dias, horários e pontos alternados. O plano de melhorias ocorreu após a empresa receber da SAAM e Metroplan um prazo de 15 dias para resolver os problemas referentes à má qualidade do serviço prestado e pela falta de horários nas linhas que integram os bairros do município de Canoas ao Trensurb e nas linhas metropolitanas. A segunda etapa, dividida em duas fases, entra em operação no dia 24 de maio, com operação das linhas de Integrações Estância Velha, Niterói, Barreto, Guajuviras via Boqueirão, Residencial Guajuviras via Avenida Esperança e Hispânica e Santa Maria/Guajuviras, e no dia 31 de maio linhas de Integrações Mathias Velho, Florianópolis, Harmonia/Mato Grande, Fátima e Igara/Petrobrás/Ozanan. "Todas as operações estarão sendo acompanhadas pela equipe de fiscalização de transporte da Metroplan. Durante os próximos 45 dias, serão avaliadas demandas e ofertas, para que no final do período possa ser feito o ajuste conforme a necessidade. Caso não cumpram o acordo a empresa será autuada e poderá perder a concessão", comentou o secretário da SAAM, Luiz Carlos Busato. Leia mais

Vicasa reforça fiscalização do transporte público

A empresa Vicasa, de Canoas, coloca em prática nesta segunda-feira (17/05) a primeira etapa do termo de ajustamento de conduta firmado com Ministério Público de Canoas, Secretaria de Articulação e Apoio aos Municípios (SAAM) e Metroplan. A empresa Transcal passa a operar as linhas Estância Velha a Porto Alegre, Industrial a Porto Alegre, e a linha semi-direta Guajuviras - Porto Alegre/Praia de Belas. As linhas de Integração estarão circulando com ônibus da categoria Executivo, porém o preço cobrado será da categoria Convencional. Para as linhas Canoas à Capital e vice-versa serão destacados veículos da categoria Convencional com ar condicionado. No total serão mais 40 ônibus, com aumento de 110% no número de viagens, passando de 244 para 514.... Leia mais

VICASA RECEBE PRAZO FINAL PARA CUMPRIR NORMAS DO SERVIÇO DE TRANSPORTE PÚBLICO

foto VICASA RECEBE PRAZO FINAL PARA CUMPRIR NORMAS DO SERVIÇO DE TRANSPORTE PÚBLICO   A Secretaria de Articulação e Apoio aos Municípios (SAAM) e a Metroplan notificam empresa de transporte Vicasa. A medida foi tomada devido os registros de descumprimento das normas estabelecidas nos decretos estaduais que determinam regras e limites de acordo com a classificação das bandeiras nas regiões do Estado, e omissão de qualidade de serviços, como descumprimento das tabelas horárias. Fica estabelecido o prazo de 15 (quinze) dias para que a empresa Vicasa se manifeste e no mesmo prazo apresente um planejamento a ser implementado com medidas a sanar os problemas, restabelecendo o atendimento de integração e fazendo a interligação dos bairros ao serviço do Trensurb. O não atendimento implicará na extinção da concessão.   A Secretaria de Articulação e Apoio aos Municípios (SAAM) e a Metroplan, notificaram na manhã desta segunda-feira (03/05) a empresa de transporte público Viação Canoense S/A - Vicasa. A medida foi tomada devido aos inúmeros registros junto ao órgão do Governo do Estado de descumprimento das normas estabelecidas nos decretos estaduais que determinam regras e limites de acordo com a classificação das bandeiras nas regiões do Estado em razão da calamidade pública decretada pela pandemia. A Metroplan e SAAM também levaram em consideração a omissão e qualidade de serviços, ficando a empresa notificada quanto a necessidade de observância dos regramentos estabelecidos e do cumprimento das tabelas horárias estipuladas, sanando os problemas de demanda existentes e, ainda, providenciando a retomada do serviço de integração, a fim de atender todos os bairros do município de Canoas. Os problemas encontrados na prestação dos serviços constituem-se objeto do Inquérito Civil que tramita na Promotoria de Justiça Especializada de Canoas. Conforme o secretário de Articulação e Apoio aos Municípios, Luiz Carlos Busato, fica estabelecido o prazo de 15 (quinze) dias para que a empresa Vicasa se manifeste acerca das falhas apontadas apresentando, no mesmo prazo, um planejamento a ser implementado, imediatamente, com medidas aptas a sanar os problemas na prestação dos serviços, bem como restabelecer o atendimento de integração, fazendo a interligação dos bairros ao serviço do Trensurb. O não atendimento ao presente implicará na aplicação das sanções legais cabíveis, em especial a extinção da concessão. “A partir desta notificação, estabelecemos um prazo para que a empresa apresente um planejamento a ser implementado. Queremos uma rápida solução para resolver esse problema antigo, mas que se agravou nos últimos meses”, destaca Busato. Após notificação do Governo do Estado à Vicasa, empresa Central  poderá pegar passageiros em Canoas   Além dos ônibus da Vicasa, os canoenses também poderão utilizar os ônibus da empresa Central, provisoriamente, com destino à Porto Alegre, a partir desta terça-feira no horário de pico nos turnos da manhã e tarde (ver tabela abaixo). A autorização foi concedida pelo secretário de Articulação e Apoio aos Municípios, Luiz Carlos Busato, na tarde desta segunda-feira, 03/05. A medida servirá de apoio à operação da Vicasa, que continuará atendendo. No sentido Interior - Porto Alegre, o embarque e desembarque estarão autorizados na Avenida Guilherme Schell. No sentido Porto Alegre - Interior, o embarque e desembarque estarão autorizados na BR-116. Na manhã desta segunda-feira, Busato já havia notificado a Vicasa para que estabeleça, no prazo máximo de 15 dias, um planejamento que vise melhorar a qualidade dos ônibus e oferecer horários no serviço de interligação dos bairros ao Trensurb e nas ligações de Canoas a Capital. “Se a empresa não tiver condições de oferecer um serviço de qualidade e não atender à notificação dentro do prazo, seremos obrigados a extinguir a concessão e contratar uma nova empresa”, esclarece o secretário. Na próxima sexta-feira, às 14h, está agendada uma reunião entre o órgão estadual e a empresa no Ministério Público para tratar das falhas na prestação do serviço. Conforme o Busato, apenas nesta segunda-feira, a Metroplan, responsável por fiscalizar o sistema de transporte metropolitano, gerou 111 infrações e notificações por falhas nos serviços prestados pela Vicasa.   Entenda a tabela horária da empresa Central que os usuários de Canoas poderão acessar   Sentido Interior - Porto Alegre   Os ônibus da Central ingressarão na Av Guilherme Schell, em Canoas, com destino à Porto Alegre nos seguintes horários: 06:20, 06:40, 07:43, 08:10, 12:40, 17:30, 17:50   Sentido Porto Alegre - Interior   Os ônibus da Central sairão de Centro de Porto Alegre, com destino à Canoas, nos seguintes horários: 05:30, 05:55, 06:20, 12:10, 14:00, 15:00, 16:00, 17:10, 17:35, 18:00, 18:20 Leia mais

1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | Próxima >>

Metroplan

Centro Administrativo Fernando Ferrari (CAFF) - Av. Borges de Medeiros, 1501, 4º andar, Ala Norte

CEP: 90119.900

Porto Alegre - RS - Brasil

Fone: 0800 510 4774

Linhas / Horários / Tarifas

Endere¸o

Centro Administrativo Fernando Ferrari (CAFF) - Av. Borges de Medeiros, 1501, 4º andar, Ala Norte,

Porto Alegre - RS. CEP: 90119.900

Horário de Atendimento

SEDE - Das 8h30min às 12h e das 13h30min às 18h de segunda a sexta

Telefone Sede - (51) 3288.6000

E-mail Sede - superintendencia@metroplan.rs.gov.br

Passe Livre Estudantil

Estudantes da Região Metropolitana e Aglomerações - Rua José do Patrocínio, 1231 - 8h30 às 11h30 - 13h30 às 17h - telefone (51) 3901-7521

Estudantes do Interior do Estado -

Departamento de Transporte Metropolitano:

Telefone: 51 3901-7526

R. José do Patrocínio, 1231,

Porto Alegre - atendimentoaousuario@metroplan.rs.gov.br. CEP: 90.050.004

Imprensa

Regional Caxias do Sul (54) 999717311 Regional Pelotas (53) 99935.8600